Park Plaza County Hall – a resenha do Norberto

O Norberto esteve em Londres agora em novembro e me enviou um texto sobre o hotel em que se hospedou, o Park Plaza County Hall. Este hotel já apareceu aqui antes e é um dos mais reservados por nossos leitores no booking.com. O Norberto não me falou quanto pagou, mas fazendo uma busca para estadia em janeiro de 2015, encontrei diárias a partir de  £159,00 para um quarto standard e  £191,00 para o estúdio. Veja o que ele achou:

***

Ficamos hospedados de 12 a 17.11.2014 no hotel Park Plaza County Hall, em um quarto tipo Estúdio (2 Adultos). Fizemos a reserva pelo Booking.com sem ter que pagar nada adiantado.  As despesas foram pagas no check-out.

Logo na entrada fomos recebidos com muita cordialidade. O hotel possui uma recepcionista muito simpática que fala português. A acomodação possui frigobar, secador de cabelo, forno micro-ondas, duas TVs, ducha separada da banheira e internet grátis (Wi-Fi ou cabo) na velocidade de 512 kbps. Para velocidades maiores é cobrada uma taxa de acordo com a velocidade escolhida.

Park Plaza County Hall resenha - quarto

As refeições servidas no hotel são de boa qualidade. O quarto é super silencioso. O hotel fica próximo à estação Waterloo do metrô, London Eye, London Aquarium e The London Dungeon. Dá para visitar a pé o Big Ben, Buckingham Palace, Trafalgar Square e Convent Garden. A proximidade da estação Waterloo facilita o acesso a qualquer ponto da cidade.

Park Plaza County Hall resenha - banheiro

À 220 metros do hotel encontramos dois bons restaurantes: O Tróia e o Cucina. No Tróia comemos um bom Fish & Chips tendo como entrada uma porção de calamares. No Cucina, além das massas podemos saborear um steak.

Park Plaza County Hall resenha - fish and chips

A 220 metros do hotel encontramos dois bons restaurantes: O Tróia e o Cucina. No Tróia comemos um bom Fish & Chips tendo como entrada uma porção de calamares. No Cucina, além das massas podemos saborear um steak.

O check-out do hotel se encerra ao meio-dia. As malas podem ficar guardadas sem taxa adicional. Caso queira, o hotel pode agendar a chegada de um táxi na hora de pegar as malas.

Foram 5 dias muito agradáveis.

Park Plaza County Hall resenha - mapa

Texto e fotos: Norberto Bond

***

Agradeço ao Norberto pela resenha e se você quiser me enviar suas fotos e opinião sobre o hotel (ou apartamento, ou hostel) em que se hospedou, escreva para contato@londresparaprincipiantes.com.

Leia também:

Park Plaza County Hall – a resernha da Ana Carolina

Como alugar apartamento em Londres

Hotéis em Londres – nossa página com mapas, informações sobre a região e todos os hotéis que já foram resenhados por nós ou por nossos leitores

Qual é o melhor Ibis

Como irritar um londrino

Cinco top maneiras de deixar um londrino p** da vida:

1. Não tenha seu oyster card pronto para passar na catraca do metrô. Quanto mais você demorar para achar seu tíquete, mais irritado ficará o londrino apressado que está atrás de você. Por isso, antes de se aproximar da catraca, pegue seu oyster na bolsa ou bolso e esteja pronto para encostá-lo no leitor, assim que chegar sua vez.

Como irritar um londrino - oyster

2. Tente entrar no trem antes que as pessoas tenham saído. Outra falha grave de etiqueta do metrô é você querer entrar no vagão antes que o pessoal tenha desembarcado. A boa educação manda aguardar, de preferência não obstruindo a porta, até que todos os que desejavam sair o tenham feito. Só então as pessoas começam a entrar.

3. Pare no lado esquerdo da escada rolante.  O lado esquerdo é reservado para os que querem subir ou descer a escada rolante com os próprios pés, e não ficar parado e ser levado por ela. Nesse lado vão os que não têm paciência para esperar e, por qualquer motivo, querem chegar na plataforma ou na rua, antes de você. Se você não quiser fazer o esforço de subir ou descer, fique parado no lado direito.

Como irritar um londrino - escada rolante

4. Fure uma fila. Os ingleses são muito ordeiros e educados (pelo menos pensam que são) e as filas fazem parte da cultura local. Furar fila, em qualquer circunstância, os deixa muito indignados e, embora as regras de educação muitas vezes os proíbam de reclamar, por dentro eles xingarão até sua última geração.

5. Não saiba exatamente o que você quer quando é atendido no pub. Outra regra que não está escrita em nenhum lugar, mas que todos têm de respeitar. Em um pub lotado, quando chega sua vez de fazer um pedido, você tem de saber qual cerveja ou bebida quer tomar, e não adianta ser um genérico – tipo “beer”. O pedido tem de ser completo: “a pint of London Pride”. De preferência também, tenha o dinheiro ou cartão em mãos para facilitar o pagamento e não atrasar o processo.

Como irritar um londrino - pub

Leia também:

Miniguia para se dar bem no metrô

Miniguia para se dar bem no pub

Dicas básicas de Londres

E você, encontrou outras formas de irritar um londrino?