Um lugar chamado Notting Hill

Se você é um dos que amaram o filme Um lugar chamado Notting Hill e tem vontade de saber onde foram filmadas algumas das cenas, acompanhe a Beatriz Leal neste vídeo em que ela nos mostra alguns destes locais deste lindo bairro da cidade. Além de Notting Hill, Beatriz passa também por South Kensington e podemos ver algumas atrações da área.

Para incluir estes locais no seu passeio por Notting Hill, anote os endereços. O mapa pode ser visto aqui.

Cenas externas da feira de Notting Hill: Portobello Road

Encontro de William Thacker (personagem de Hugh Grant) e Anna Scott (personagem de Julia Roberts): esquina de Portobello Road com Westbourne Park Road (atualmente há um Coffee Republic no local)

Porta azul da casa de William Thacker: 280 Westbourne Park Road, Notting Hill. A casa pertencia ao autor do filme Richard Curtis e foi colocada à venda, na época do lançamento do filme por 1,3 milhões de libras.

notting hill

A livraria “Travel Bookshop“:

A inspiração para a livraria de William foi uma “Travel Bookshop” que existia no endereço 13-15 Blenheim Crescent. Esta livraria fechou em 2011, mas atualmente há uma nova livraria no local. O local em que a livraria foi filmado, no entanto, é na 142, Portobello Road, onde hoje funciona uma loja de sapatos chamada Notting Hill.

Coronet Cinema: local onde William assiste ao filme estrelado por Anna usando óculos de natação – 103 Notting Hill Gate.

Para conhecer onde outras cenas do filme foram feitas, fora da área de Notting Hill, clique aqui.

Sobre Notting Hill

É difícil de acreditar, mas este bairro adorável da cidade não foi sempre tão adorável assim. Até os anos 1950, era uma região muito derrubada, onde as casas – que anteriormente pertenciam à aristocracia – eram habitadas por diversas famílias, sem o mínimo conforto. Após a segunda Guerra Mundial, a área se tornou o local de moradia de vários imigrantes das colônias do Caribe, as chamadas West Indies, além de outros vindos da África. Com uma população negra numerosa, foi em Notting Hill que ocorreram os primeiros conflitos raciais de Londres, em agosto de 1958.

Já no ano seguinte, no entanto, estes imigrantes se organizaram e fizeram a primeira edição do Carnaval de Notting Hill que atualmente atrai cerca de 1 milhão de pessoas para a área no último final de semana de agosto de cada ano.

As modificações começaram nos anos 1980, quando os preços na época baratos de moradia em Notting Hill começaram a atrair uma população mais jovem.  Hoje, é uma área nobre de Londres, em que predomina a população branca que consegue pagar os altos valores para viver no local. Um apartamento de um quarto chega a custar 1 milhão de libras.

***

Se você quiser que a Beatriz, ou outra guia da sua equipe, te acompanhe durante sua estadia em Londres, seja em Notting Hill ou qualquer área da cidade, clique aqui para conhecer o trabalho dela.

Leia também:

Portobello Road – a feira de antiguidades do bairro

Duas pizzarias em Notting Hill

Books for Cooks

Quanto custa estudar inglês em Londres?

Com a aproximação do fim do ano e das férias de verão comecei a receber emails de algumas pessoas que planejam aproveitar os meses de janeiro e fevereiro para estudar inglês aqui em Londres. Nos emails, a primeira preocupação geralmente diz respeito ao planejamento financeiro da viagem: “quanto custa estudar inglês em Londres?”.

Para ajudar nesse planejamento, eu gosto de citar um exemplo que corresponde a uma das escolas que conheço. Nessa escola, um curso de 4 semanas de duração, com carga horária de 15 horas semanais, no período vespertino (início depois das 15:00 em geral) custa 255,00 libras (para as 4 semanas). Além desse custo, existe uma taxa de matrícula no valor de 75,00 libras.

Em geral, as variáveis que influenciam no valor do curso são: a duração, a carga horária e a localização da escola.

Quanto custa estudar inglês em Londres?

 

Algumas dicas

É sempre importante procurar por uma escola credenciada pelo British Council porque, além de ter a qualidade do ensino atestada pelo governo, somente uma escola certificada pode fornecer um comprovante de matrícula aceito pela imigração no momento da chegada a Inglaterra.

Existem outros fatores que também influenciam no valor total do curso, como por exemplo, a duração total e o turno da aula. Em relação à duração, a regra é: quanto maior for o número de semanas que você irá cursar, mais barato será o preço pago por cada semana. Em relação ao turno do dia, as escolas em geral oferecem três opções de horários. As aulas que se iniciam no turno da manhã são as mais caras, as que se iniciam no horário do almoço tem o preço intermediário e as aulas que se iniciam no meio da tarde são as mais baratas.

Com essas dicas, já é possível começar a organizar o planejamento financeiro da viagem!

***

Este texto é uma contribuição da Ariane Zabaleta.

Se você tem vontade de estudar inglês em Londres, mas tem muitas dúvidas, ou precisa de ajuda para planejar sua viagem, conheça a proposta de trabalho da Ariane, enviando um email para arianezabaleta@outlook.com. Ela pode te ajudar a escolher qual a melhor escola, a melhor época do ano, onde se hospedar, além de  ajudar com outras dicas super importantes para estudantes.

Leia também outras contribuições da Ariane:

Estudar inglês em Londres – mais dicas para quem está querendo fazer intercâmbio em Londres por conta própria (sem a intermediação de uma agência)

Dicas para fazer uma boa refeição por preço razoável