Dicas de mala para a primavera

Este post foi escrito pela stylist Manu Luize, autora do blog Manuluize.com e editora da revista MMag. Ela sempre nos presenteia com dicas do que levar na mala e é dela também o guia de compras da Oxford Street que faz muito sucesso por aqui. Neste post, a Manu nos dá dica do que levar na mala nesta “meia-estação” que, apesar de ser chamada primavera, ainda pode fazer bastante frio para nossos padrões tropicais.

***

Já é oficialmente primavera em Londres e aí fica aquela velha questão: o que levar na mala de viagem para a primavera em Londres? A estação tende a ser mais fria que a primavera na maioria dos lugares do Brasil, então não se engane, casacos vão na mala também.

Aquelas dicas básicas que sempre cito na hora de arrumar as malas para Londres: “quanto tempo você vai ficar na cidade? O que vai fazer por lá?” sempre são necessárias e pontos de partida para começar a separar o que levar na mala.

Dicas de mala para a primavera - malas

 

As temperaturas da primavera são parecidas com as do outono em Londres, por isso costumam variar entre 6,5° e 15°C, temperaturas bem menores que a média das cidades brasileiras. A vantagem para quem visita a cidade no início da primavera é que, de acordo com o site Visit London, os meses de Março e Abril são os meses em que chove menos em Londres. Ainda assim, insisto em dizer que você sempre deve estar preparado para uma possível chuva durante o dia, afinal, estamos falando de Londres.

Falando em chuva, item necessário em qualquer mala de viagem para Londres: a sombrinha/o guarda-chuva, os melhores são aqueles pequenos que são mais fáceis de transportar durante o dia. E não esqueça no hotel!

Ainda no quesito chuva, aquele item que sempre volto a falar para os dias de muita chuva, super comuns em Londres: as galochas. Enquanto sapatos e botas normais não são sempre impermeáveis (nada mais chato que passar o dia conhecendo a cidade com os pés molhados), as galochas são uma preocupação a menos no seu dia. Já que falamos tanto em galochas como item de viagem em uma mala para Londres, montei alguns looks de como usar galochas na primavera em Londres:

Dicas de mala na primavera - galochas

As galochas não precisam ser usadas apenas com calça e casaco, também combinam até com looks com vestidos. No Reino Unido as mais famosas são da marca Hunter, que são feitas para durar e são sapatos pesados (por isso, atenção ao peso na mala). Uma opção nacional de galochas é da marca Melissa, conhecida pelos sapatos em material plástico, a marca também lançou galochas e botas nessa coleção do inverno brasileiro, que podem ser muito úteis na primavera de Londres. Nas fotos, a caramelo é da Hunter e a preta é da Melissa.

Assim como no outono, a dica é se vestir em camadas. Próximo à viagem, confira a previsão do tempo para saber ao certo que roupas levar de acordo com as temperaturas previstas para a duração da sua viagem.

Quem mora em lugares mais quentes no Brasil e não está acostumado ao frio vai precisar levar pelo menos um casaco de lã mais quente, a dica é apostar em cores claras para ficar com uma “cara de primavera”, cores como off white, nude, caramelo e cinza claro são neutras e combinam com vários looks, economizando espaço na mala. Claro que nada impede de levar o bom e velho preto, que combina com tudo.

Suéteres em lã fina e cashemere são peças que esquentam ao mesmo tempo que não são pesadas, além de serem versáteis, combinam com calças, shorts, saias e vestidos. E são as peças mais versáteis as melhores para uma viagem, afinal ninguém vai levar o guarda-roupa inteiro.

Dicas de mala na primavera - casacos

Para as temperaturas mais frias próximas aos 6˚C, calças com tecidos mais fechados e grossos ou mesmo usar uma meia-calça por baixo da calça é uma dica super útil para quem sente mais frio. Se você comprar peças de primavera/verão em lojas européias, vai notar que os tecidos já costumam ser mais grossos que os das mesmas coleções no Brasil. Lojas como Topshop, H&M e a Primark são ótimas para aquelas peças de valor acessível que faltaram na mala de viagem.

Texto e fotos: Manu Luize

***
Leia também:

O que levar na mala além de roupas

Programas bacanas para fazer na primavera em Londres

Londres em abril 

Londres em maio

Visita ao Palácio de Buckingham em 2015

Um dos destaques de uma viagem a Londres no verão inglês é sem dúvida a possibilidade de visitar os Salões de Estado do Palácio de Buckingham, que ficam abertos para visitação de final de julho a final de setembro. O Palácio de Buckingham, além de ser a residência oficial da Rainha, é também seu local de trabalho, pois é lá onde funciona a sede da monarquia inglesa. Por isso, são recebidos oficialmente no Palácio, a cada ano, cerca de 62 mil convidados em visitas de estado, recepções, festas no jardim, audiências privadas e cerimônias oficiais.

Visita ao Palácio de Buckingham em 2015 - terraço

 Terraço do Palácio onde funciona um café

A cada ano, na abertura dos Salões de Estado para o público no verão, acontece também uma exposição especial e neste ano o tema refere-se a essas outras ocasiões em que o Palácio recebe convidados ou chefes de estado. Segundo os organizadores, a exposição A Royal Welcome pretende reproduzir o clima de uma visita oficial à residência da Rainha, aquela que só é feita a convite de Sua Majestade.

A mostra revelará, por exemplo, como são as preparações para as grandes recepções e banquetes, da escolha e preparo da comida às toalhas, porcelanas e prataria usadas. A Sala de Baile do palácio estará pronta para um banquete e o clima já será diferente desde a entrada, feita através da Grand Entrance, que normalmente só é usada nas visitas oficiais. Serão exibidos vestidos e joias usadas pela Rainha nos banquetes de Estado, além de presentes que ela recebe nestas ocasiões.

Visita ao Palácio de Buckingham em 2015 - jardins

Jardins do Palácio e café

Além desta exposição especial, na visita às 19 salas que compões os Salões de Estado, é possível apreciar o rico mobiliário, as peças de decoração e os mais belos exemplares da Coleção Real, que inclui pinturas de Rembrandt, Rubens e Canaletto.

No final da visita, há um café instalado no terraço do palácio e é também possível passear por uma parte dos jardins, onde se encontra uma loja de souvenirs.

Visita aos Salões de Estado do Buckingham Palace

de 25 de julho a 31 de agosto de 2015: diariamente de 09h30 às 19h30 (última entrada 17h15)

de 1 a 27 de setembro de 2015: diariamente de 09h30 às 18h00 (última entrada 16h15)

Ingresso para adulto: £20,50 (vendas online aqui)
Idosos (mais de 60) / Estudantes (com documento de identificação válido): £ 18,80
Jovens (até 17 anos): £ 11,80
Crianças grátis (até 5 anos)
Família £ 52,80 (2 adultos e 3 crianças menores de 17 anos)

Os ingressos têm hora marcada (a cada 15 minutos) e são válidos somente para a data e hora marcados. Quem chegar atrasado perde o ingresso. A visita dura aproximadamente 2 horas, e você tem incluído no preço do ingresso um excelente audioguia, disponível em português brasileiro.